+55 11 5510 0908

+55 11 941 900 188
 contato@rimera.com.br 
Av. Paulista 807, conj. 2315.
São Paulo / SP CEP 01311-100.

O correio internacional ( courier ) pela legislação brasileira, para Receita Federal Brasileiro - RFB* é devido apenas para amostrar e documentos. Para não ter problema de descaracterização da carga - quando a carga passa de courier para importação formal - é preciso seguir os padrões citados abaixo.

*Volume - deve ser de 3 unidades ( itens ) no máximo por embarque , pois acima disso a carga pode ser avaliada por fiscal como comercialização e o processo passa a ser de descaracterização .

*Peso - deve ser de no máximo 50kgs.

*Medidas- as medidas, comprimento x largura x altura, (CxLxA) , deve ser de no
máximo 0,8 cada uma delas.

*Se o exportador ou importador mandar mais de duas remessas via courier para o mesmo exportador ou importador, a RFB* pode identificar como comercialização e pedir para prestar contas.

*É solicitado pela RFB que o documento AWB - conhecimento de embarque aéreo -  seja arquivado por 5 anos pela companhia courier, logo entende-se que podem pedir ao importador/exportador prestar contas até o final desses cinco anos.

Relação de como funciona processos aéreos via Courier - e como evitar descaracterização